sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Sinal de vida

Hoje me bateu uma vontade de escrever. Acho que eu só escrevo quando tem alguma coisa "errada" (entre aspas pela falta de léxico melhor), porque apesar de eu estar inacreditavelmente bem - e bem mesmo, não da boca pra fora só pelo conforto dos outros - é inaceitável dizer que eu não sinto a sua falta. Mas isso é tão natural e esperado, que eu não me sinto mal nem envergonhada por sentir, então não tem mesmo nada errado mas talvez devesse ter. O fato de estar tudo bem apesar de tudo, é tão certo que me incomoda um pouco. Deveria ser errado, não? Não me entenda mal, não tenho a intenção de ser cruel. É só que isso foi tão certo.. Eu deveria ter tido a coragem e o desapego pra ter feito quando achei que deveria. Mas isso não quer dizer também que eu não vá sentir saudade, estou tão acostumada com você. A gente devia mesmo voltar a ser como antes, bem antes, antes de toda essa nossa história louca. Isso sim daria certo pra sempre. Amigos.

Acho que não levo mais jeito pra essa coisa de escrever bonito. Poesia vem da tristeza da gente. Até que enfim a minha poesia passou!

3 comentários:

L. disse...

ooi ila *o* tem um selinho pra você no meu blog (http://bit.ly/jCkyPf) :D
enfim, tenha um ótimo dia!
beijos, L :*

Miojo Com Farinha­ disse...

Megaboga saudade acompanhada de nostalgia overdrive. Feliz de ver que vocês duas continuam blogando. Ligeiramente envergonhado de não conseguir.

Jéssica Taianne disse...

amey conhecer o seu cantinhoo.. passa la no meu tbm? se gostar e quiser me seguir eu sigo de volta.. Bjiinhos linda
http://bonekkinhaa.blogspot.com.br/